quinta-feira, 25 de maio de 2017

Linha 104-Bairro das Indústrias tem mudanças em seu itinerário

No último domingo (21), a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana em conjunto com o Consórcio Navegantes, promoveram uma mudança que visa beneficiar os usuários que dependem da linha 104-Bairro das Indústrias. 

Com esta mudança, os coletivos da linha ao invés de acessarem diretamente a Rua Maria José Miranda do Amaral, passam a trafegar pelas ruas José Dantas Almeida, João Antônio de Melo e Rua Cap. Primo Cavalcante de Paiva, para depois seguirem À Maria José Miranda do Amaral (sentido Bairro/Centro). Já no sentido Centro/Bairro é realizado o percurso inverso. 

Esta mudança foi realizada para dar uma maior comodidade aos moradores do conjunto habitacional localizado no Vieira Diniz, visto que agora os usuários caminham menos para pegar o ônibus. Vale lembrar que no momento não foi necessário modificar os horários das viagens, visto que esta alteração não chega a ser impactante na operação da linha. Além disso, a linha 1001 permanece com itinerário inalterado, trafegando diretamente pela Rua Maria José Miranda do Amaral.

Fonte: Ônibus da Paraíba

N. S. da Penha plota ônibus para divulgar seu principal destino no Nordeste

A Empresa de ônibus Nossa Senhora da Penha iniciou uma campanha de divulgação do maior são joão do mundo, uma grande festa junina que ocorre anualmente em Campina Grande. Desde o inicio da década de 80 que a Penha tem marcado território nessa importante cidade paraibana, com várias partidas diárias. 


A importância de Campina Grande para as operações da Penha é estratégica, pois a partir desta cidade a empresa pode transportar seus clientes para outras regiões do Brasil como sul e sudeste. Neste período que se aproxima os festejos juninos, a Penha chega a montar uma mega operação para atender a crescente demanda. 
Não é à toa que a Penha aproveite essa oportunidade para se aproximar cada vez mais do seu público, a empresa plotou alguns ônibus com uma pintura especialmente para a festa. Essa ação de marketing é muito importante na divulgação, pois a Penha percorre grande parte do Brasil, levando em seus ônibus um momento especial que reúne toda família nordestina.

Fonte: Fortalbus

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Prefeitura vai interditar ladeira da barreira do Cabo Branco

A Prefeitura Municipal de João Pessoa vai interditar o trânsito de carros, motos, ônibus e caminhões na ladeira da barreira do Cabo Branco, no final da Avenida Cabo Branco, até o final do mês. Pedestres e ciclistas ainda vão poder trafegar no local. 

De acordo com a Secretaria de Planejamento de João Pessoa (Seplan), será construída uma pequena rotatória, antes da subida da ladeira, para atender o comércio local. A interdição da ladeira acontece por conta dos últimos deslizamentos que aconteceram no local. Está sendo feito um projeto de reestruturação do trânsito da área que compreende a ladeira, a Estação Ciência e o farol do Cabo Branco.

Fonte: Parlamento PB

MWM comemora 100 mil motores entregues à MAN Latin America

A MWM, fabricante independente de motores diesel líder no Mercosul, celebra a produção de 100.000 motores MAN D08 entregues à MAN Latin America, uma das maiores fabricantes de caminhões e ônibus do Brasil. As empresas são parceiras há mais de 30 anos. 

A MWM conta com uma linha de produção de 2.500 metros quadrados, dedicada e exclusiva à MAN Latin America dentro da companhia, na planta de Santo Amaro, para a produção do motor MAN D08 de 4 e 6 cilindros, destinados aos caminhões e ônibus da montadora para o mercado local e para a exportação. 

Classificada como fornecedor diferenciado pela MAN Latin America, a MWM Motores está atingindo 100% de satisfação do cliente com eficiência logística e com diferenciado patamar de qualidade. O Presidente da Navistar Mercosul, detentora das marcas MWM Motores Diesel e INTERNATIONAL Caminhões, José Eduardo Luzzi, afirma que é mais uma valiosa conquista com este grande parceiro da MWM.

Fonte: Transpo Online

Ônibus rodoviários serão produzidos na antiga fábrica da Busscar

A fábrica de carrocerias para ônibus que pertencia à Busscar, localizada em Joinville (SC) e que foi recentemente arrematada por sócios-acionistas e investidores da Caio Induscar, vai produzir ônibus para aplicações rodoviária, de fretamento e de turismo, tanto para o mercado brasileiro quanto para exportação. A informação foi confirmada por Maurício Lourenço da Cunha, diretor industrial da Caio Induscar. 

A empresa pretende iniciar as atividades na antiga fábrica da Busscar após a posse definitiva, que se dará com o encerramento dos prazos dos trâmites judiciais. Segundo Cunha, antes de iniciar a produção, será preciso fazer uma atualização dos produtos, “tanto de estilo quanto de atendimento de normas nacionais e internacionais”. Sem revelar o valor a ser investido, ele disse que a empresa planeja atualizar produtos, arrumar as instalações, revisar ferramentais e dar treinamento para novos colaboradores, entre outras ações. “Não temos o valor do investimento quantificado ainda. Saberemos quando tomarmos posse”, assinalou. 

A capacidade de produção na planta de Botucatu também só será definida após a posse: “Não conhecemos ainda a real capacidade de produção das instalações”, disse o executivo. De acordo com Cunha, pelo menos parte da mão de obra da Busscar deverá ser absorvida nas linhas de produção locais. “A nossa preferência será a contratação de novos funcionários da Busscar. Não temos o número pelas razões acima mencionadas”, justificou.

Fonte: Portal Future Transport

terça-feira, 23 de maio de 2017

João Pessoa gasta R$ 3 milhões para consórcio elaborar plano de mobilidade

Na manhã desta segunda-feira (22) foi assinada a Ordem de Serviço para iniciar a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana de João Pessoa. De acordo com o prefeito Luciano Cartaxo, foi contratado um consórcio formado por três empresas escolhido através de processo licitatório e será investido um total de R$ 3,3 milhões. 

“O contrato prevê que em 12 meses a empresa vencedora deve apresentar esse plano, que vai ouvir a cidade, que vai ver quais são as linhas que serão criadas de transporte coletivo na cidade de João Pessoa nos próximos anos”, explicou o prefeito. 

De acordo com a Lei Federal nº 12.587/2012, é atribuição do município, entre outras, planejar, executar e avaliar a política de mobilidade urbana, bem como promover a regulamentação dos serviços de transporte urbano. Ainda no ano de 2015, o Ministério Público havia alertado a Prefeitura de João Pessoa para a necessidade de elaboração do Plano. As empresas Concremat Engenharia, Sistran e Comap Consultoria, formaram o consórcio vencedor para a elaboração do plano. 

Fonte: Click PB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...