sábado, 25 de outubro de 2014

Cadeirantes denunciam falta de ônibus adaptados e dizem que esperam até 2h por transporte na Capital

“A partir do momento que o cadeirante sai de casa, começam os obstáculos. As calçadas que são quebradas; o elevador do ônibus que não funciona... Mas a gente precisa lutar por nossos direitos”, afirmou o estudante Reginaldo Faustino da Silva, 51 anos, que todos os dias precisa do transporte público, em João Pessoa. 
Se para muitos esperar entre 40 minutos e 1 hora um ônibus é um absurdo, imagine esperar o dobro por um ‘carro eficiente’ e ter que torcer para que os operadores dele estejam treinados para utilizar o elevador. Este é o desafio de pessoas com mobilidade reduzida na Capital. Todos os dias, de segunda-feira à sexta-feira, Reginaldo Faustino da Silva, que mora no Jardim Treze de Maio, precisa se deslocar para o curso no Castelo Branco, à noite. Ele pega quatro ônibus diariamente e para chegar na hora da aula, às 18h, ele sai cedo de casa entre 15h30 e 16h. 

“Eu vou cedo para não correr o risco de perder o ônibus que é a linha 1001 e vou até a Lagoa. Lá eu pego o Castelo Branco (304 ou 517) até a universidade. Faço um itinerário parecido na volta, só que paro na Igreja Batista. Eu chego às 21h30 e às 23h ainda não tem passado nenhum. Eles (os motoristas dessa linha) estão desviando o percurso para não pegar os cadeirantes na parada. A gente corre risco de ser assaltado, porque não fica ninguém nas paradas. Uma vez eu tive que ligar para o vigilante da minha rua para poder me pegar na Epitácio Pessoa e ir até a minha casa”, afirmou. 

Além da demora, Reginaldo Faustino ainda informou que há vários carros das linhas do Geisel, Jaguaribe (003) e 304 (Castelo Branco) que não funcionam ou que os colaboradores (motoristas e cobradores) não sabem manusear os equipamentos. Ele ainda reclamou que calçadas como a primeira parada de ônibus da Avenida Epitácio Pessoa, ao lado do Colégio Lourdinas, prejudica as pessoas que passam por ela, principalmente cadeirantes, gestantes, idosos e outros de mobilidade reduzida. Além disso, citou também que o problema de falta de infraestrutura se repete no anel interno Lagoa e também na calçada da Fundação de Apoio ao Deficiente (Funad), no Pedro Gondim. 

Fonte: Portal Correio

Semob reforça frota de ônibus para o 2º turno das eleições em João Pessoa

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) já concluiu o planejamento para o trânsito e o reforço na frota de ônibus urbano para o segundo turno das eleições, neste domingo (26). 
Ônibus – Para facilitar o deslocamento dos eleitores entre os bairros neste domingo (26), a Semob determinou às empresas concessionárias que operem com o quadro de sábados as linhas circulares 1500, 1510, 2300, 3200, 5100 e 5110, bem como as linhas 003-Jaguaribe, 104-Bairro das Indústrias, 302-Cidade Verde, 510-Tambaú/Praia, 1001-Via Shopping, 1519-Valentina/Epitácio, 2501-Colinas, 5120-Valentina/Epitácio, 5201-Colinas e 5204-Cristo. Com isso, os eleitores terão mais facilidade para chegar ao seu local de votação. 

O superintendente de mobilidade urbana, Roberto Pinto, garantiu que o plano operacional está pronto para ser executado. “Já estamos com tudo pronto para o próximo domingo. Os eleitores não terão dificuldade para chegar ao seu local de votação. Agentes de mobilidade vão orientar e auxiliar a população”, disse.

Com informações: Prefeitura Municipal de João Pessoa

Fluxo de passageiros deve aumentar nas rodoviárias da Paraíba durante eleições

Em decorrência da realização do segundo turno das eleições na Paraíba, no domingo (26), o fluxo de passageiros vai aumentar nos terminais rodoviários de João Pessoa e Campina Grande. A estimativa da administração das rodoviárias é de que o aumento seja de 40% na capital paraibana e de 20% em Campina Grande. 
Ainda de acordo com informação dos administradores dos terminais rodoviários das duas maiores cidades da Paraíba, o número de ônibus será aumento para atender o acréscimo de passageiros. Em João Pessoa, a frota terá um aumento de 27 veículos, enquanto Campina Grande terá mais 11 ônibus para o final de semana das eleições. Os destinos mais procurados neste período são Patos, Sousa e Cajazaeiras, no Sertão paraiabano, e Campina Grande. 

Fonte: G1 Paraíba

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Mais novidades da Unitrans entram em operação

A renovação 2014 da Unitrans segue a todo vapor, nesta sexta-feira (24) mais 5 unidades dos “New Torino” adquiridos pela empresa entram em circulação.
Na última terça (21), a linha 5204 foi contemplada com 5 veículos, agora será a vez das linhas 202-Ernesto Geisel, que recebe os carros de prefixo 0799 e 07124; a linha 303-Mangabeira ganhará o veículo 07184 e a linha 3200-Circular, irá operar com os veículos 07127 e 07143.

Os carros quem abrem as vagas serão deslocados para outras linhas. Na 202 saem os veículos 0772 e 07182 que farão parte da reserva da empresa. Na 3200 os veículos 0714 e 07136 serão remanejados para 203-Mangabeira/Rangel e 302-Cidade Verde, respectivamente. Já na 303 sairá o antigo veículo 0799 que será desligado da frota.

Fonte: Ônibus da Paraíba
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...