quinta-feira, 25 de agosto de 2016

O aplicativo do ônibus-JP

Na terça feira, 23 de agosto, a Semob-JP reuniu representantes da imprensa pessoensee os membros do Conselho Municipal de Mobilidade Urbana, para, em um“café da manhã” (realizado na Casa de Recepções “Sonho Doce”), apresentar o aplicativo através do qual os usuários do transporte coletivo urbano vão contar com informações, em seus respectivos celulares, alusivas à estimativa de tempo (em quantos minutos) estarão passando os ônibus em que pretendem viajar.  

Esse aplicativo foi inicialmente mostrado com a denominação “JampaBus”, cujas explicações de funcionalidade foram dadas pelo superintendente da Semob-JP, Carlos Batinga, e, pelas repercussões percebidas desde o evento, em muito contribuirá em favor do serviço de transporte coletivo desta capital. De nossa parte, na condição de diretor institucional da entidade representativa das empresas de transporte coletivo urbano (SINTUR-JP), lá no evento fomos questionados como o setor empresarial recebia esta inovação. E dissemos que não apenas recebia, mas sobretudo contribuía para que tal estivesse acontecendo, vez que a iniciativa e a orientação técnica para a instalação, neste instante, dessa importante ferramenta tecnológica, são mesmo da Semob-JP, mas os investimentos decorrentes são de responsabilidade das empresas.

E a assume consciente do alto valor desta inovação, inclusive para que os usuários constatem que ficam nas paradas de ônibus bem poucas vezes dentro daquele “ah, há quase uma hora”, e sim há 8, 12, 18, 20 minutos etc, que o aplicativo responderá. Tende a diminuir a chamada “demora psicológica”, em que 5 minutos de espera já dá a sensação de que se esteja esperando há meia hora!

por Mário Tourinho

Semob cadastra comunicadores que querem contribuir com app para usuários de ônibus

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) agradece aos jornalistas e radialistas, que participaram na manhã da última terça-feira (23), da apresentação do aplicativo ‘JampaBusSemob’, durante um café da manhã com a presença de representantes do Conselho Municipal de Mobilidade Urbana (CMMU). 

O superintendente da Semob-JP, Carlos Batinga, explicou como o sistema de GPS integrado aos ônibus contribui para que os passageiros do transporte público tenham acesso a informações em tempo real sobre pontos mais próximos, linhas disponíveis e tempo de chegada dos ônibus. 

Em fase experimental, o aplicativo agora está sendo disponibilizado aos comunicadores que tiverem interesse em participar deste processo, colaborando com sugestões e críticas para o aprimoramento da ferramenta pioneira na gestão pública da Paraíba. Para ter acesso e tornar-se colaborador do ‘JampaBusSemob’, observando o aplicativo antes dele ser disponibilizado à população, basta enviar e-mail para a assessoria da Semob-JP (semob.ascom@gmail.com), informando o contato telefônico que será incluído em um grupo do Whatsapp (JampaBusSemob-Teste). Em seguida, técnicos estarão cadastrando os novos usuários.

Fonte: Paraíba Já

Scania apresenta ônibus GNV ou a biometano com carroceria nacional

Finalmente a fabricante de ônibus Scania apresentou de forma oficial seu veículo GNV – Gás Natural Veicular, com carroceria nacional, que também pode ser movido com biometano, que é o gás obtido na decomposição do lixo. Usado em larga na Europa e também em expansão em cidades de alguns países latinos, como Bogotá, Colômbia; Cidade do México, México; e Lima, Peru o veículo é fruto de testes que ocorreram no Brasil desde 2014. 

A apresentação da unidade ocorreu no Seminário Nacional de Mobilidade Urbana da NTU – Associação Nacional de Transportes Urbanos, que ocorre em Brasília. O modelo possui 15 metros de comprimento e capacidade para até 130 passageiros. O modelo de a carroceria a escolhida é o Viale, da Marcopolo, com piso baixo para ampliar a acessibilidade. De acordo com a Scania, é o primeiro ônibus da marca movido a biometano ou GNV registrado no Brasil. O anterior possuía um registro especial de testes para veículos importados. 

Como já havia descrito a reportagem na época da apresentação dos testes no Rio Grande do Sul, em 2015, o ônibus tem um motor de ciclo otto, que é mais silencioso que os ônibus a diesel. As emissões de poluentes podem ser até 85% menores que um veículo similar movido a óleo diesel. Os testes compreenderam circuitos em rodovias e perímetros urbanos, inclusive na Capital Paulista. De acordo com a Scania, com base em análise da Netz Engenharia Automotiva, com cilindros abastecidos com 300 metros cúbicos de gás (carga total), o ônibus pode ter autonomia de 700 quilômetros nas estradas e 350 quilômetros nas cidades.

Fonte: Ponto de Ônibus

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Aplicativo vai ajudar usuários de ônibus em João Pessoa

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) deve lançar nos próximos dias um aplicativo de celular que vai ajudar usuários dos transportes coletivos a saber que horas vai passar seu ônibus, sem a necessidade de esperar muito por ele nas paradas. 

O aplicativo JampaBus foi lançado nesta terça-feira (23) para a imprensa, mas em no máximo 15 dias deve estar funcionando de forma definitiva. No momento, uma versão experimental foi disponibilizada para testes e aperfeiçoamento. Carlos Batinga que explicou as vantagens que esse aplicativo trará para o usuário. "Os veículos estão equipados com um GPS e pode enviar sinal de localização para o usuário e a Central de Operação da Semob para averiguar itinerário, detectar atrasos e informar o tempo médio de espera para que um determinado ônibus chegar em um ponto específico da cidade. Até quem não mora na cidade pode se beneficiar do aplicativo já que ele informa também quais ônibus passam naquele local que você está e para onde você deseja ir", explicou Batinga. 

No aplicativo é possível fazer sugestões, reclamações e enviar problemas, além disso funcionará como um auxiliar na segurança do veículo e dos usuários já que constará o número do ônibus e seu itinerário evitando que o passageiro fique muito tempo nas paradas esperando.


Segundo Batinga, o Termo de Acordo assinado com o Conselho Municipal de Mobilidade Urbana foi acertado no dia 5 de fevereiro que todos os 600 veículos, em operação e reserva estariam equipados com o GPS até o final do primeiro semestre e assim foi cumprido. No mês de julho o aplicativo foi desenvolvido e agora ele está em fase de experimentação.

Fonte: PB Agora

Não há transporte de qualidade sem a participação do poder público, dizem especialistas

Para os transportes coletivos serem prestados de maneira eficiente para a população, é necessária a colaboração de todos: sociedade em geral, transportadores e principalmente, do poder público. Essa é a conclusão de especialistas e autoridades que participaram da abertura de um seminário nacional de mobilidade promovido pela NTU – Associação Nacional dos Transportes Urbanos. 

Na abertura do evento, o presidente da entidade que reúne em torno de 500 empresas de ônibus de todo país, Otávio Cunha, disse que não há como pensar em transporte público de qualidade sem financiamento. “Não adianta nada discutir transporte público de qualidade sem recursos, e para isso, é fundamental a participação dos governos” – disse, segundo nota da associação. A opinião foi compartilhada por autoridades como Ministro das Cidades, Bruno Araújo, e do Trabalho e Emprego, Ronaldo Nogueira, além de especialistas que estiveram presente. 

Segundo Bruno Araújo, hoje a realidade das cidades mostra que investimentos em mobilidade urbana precisam de aportes do Tesouro Nacional, sem os quais, é impossível realizar intervenções mais estruturais, como metrô e corredores de ônibus de alta demanda. O presidente da NTU divulgou uma pesquisa realizada pela entidade com parlamentares de diversas esferas, gestores públicos e especialistas sobre a relação entre financiamento e qualidade dos transportes.

Fonte: Ponto de Ônibus

Grupo faz arrastão em ônibus de estudantes em Campina Grande

Pelo menos cinco pessoas participaram de um arrastão a um ônibus em Campina Grande por volta das 22h20 da segunda-feira (22). Segundo informações do Centro integrado de Operações Policiais (Ciop), o veículo fazia o transporte de estudantes universitários que moram na cidade de Massaranduba, no Agreste paraibano. 

De acordo com o relato dos estudantes à polícia, os assaltantes seguiam em motocicletas e interceptaram o ônibus na rua Mamede Moisés Raia, no bairro do Monte Castelo. Dois deles estavam armados e renderam o motorista. Os outros roubaram os pertences dos estudantes. Após a ação, o grupo fugiu nas motocicletas. 

As vítimas chamaram a Polícia Militar, que informou que destinou três equipes para atender a ocorrência. Buscas foram feitas na região, mas nenhum suspeito de participar do crime foi preso até o início da manhã desta terça-feira (23), ainda conforme informações do Ciop.

Fonte: G1 Paraíba
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...