quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Custos elevados e cidades travadas, barreiras a serem vencidas pelo transporte público

A conjuntura da política econômica brasileira é mesmo desfavorável ao transporte público de passageiros- força motora do desenvolvimento do país- pois, números dos cálculos de Índice de Preço ao Consumidor Amplo (IPCA), mostram que em dez anos o custo de manutenção do transporte coletivo cresceu (93,9%), isso significa dizer, que em uma década, os gastos no transporte de massa aumentaram quatro vezes mais em relação ao veículo particular. 

O Brasil anda mesmo na contramão dos países desenvolvidos, onde o custo é elevado para quem utiliza o carro particular, forma de subsidiar parte dos gastos com o coletivo. Nós fazemos o contrário, barateamos a manutenção do veículo individual, damos incentivos fiscais para sua aquisição e nos esforçamos o máximo para dar trafegabilidade a estes carros em nossas cidades, já para o ônibus, elevamos preço da manutenção e não estamos nem aí para a construção dos corredores e faixas exclusivas, para o transporte que ocupa 30% do espaço urbano e transporta 70% da população do nosso país, trafegar com eficácia. 

Óleo diesel e trabalhadores do sistema operacional do transporte representam 50% de todos os custos. Todos estes componentes tem sofrido majoração de preços, o que torna inevitável a manutenção do preço da tarifa, que também precisa ser reajustada para manter o funcionamento do serviço oferecido à população. As gratuidades e descontos também representam um forte impacto no preço final da passagem, bastando dizer que tais isenções são pagas pela própria população usuária do transporte público. As autoridades gestoras das cidades brasileiras precisam saber que quanto maior for à velocidade do ônibus, menor será o custo para o passageiro, isso implica dizer que precisamos urgentemente das faixas e corredores exclusivos, equipamentos de baixo custo para os municípios e de total e eficaz relevância para a sociedade. Afinal, reduzir o custo da mobilidade é fundamental para a melhoria do transporte e para o desenvolvimento do país.

por Josinaldo Neves

Um comentário:

Robson Alcantra disse...

As autoridades gestoras das cidades brasileiras precisam saber que quanto maior for à velocidade do ônibus, menor será o custo para o passageiro! Então faz o seguinte coloquem o Avião Supersônico Concorde pra decolar, pois iremos ter eficiência 100% no transporte dos passageiros, no trânsito, e talvez o menor custo! Sinceramente a cada dia me "surpreendo" com esses Empresários incompetentes, que só pensam em si, e nos demais entes familiares com super faturamento, daí sujem com esse tipo de conversa. Isso é uma verdadeira vergonha para todo sempre.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...