segunda-feira, 3 de abril de 2017

Especial Setusa (Parte II)

A população recebeu a SETUSA em festas e o governador diz que ninguém terá coragem de destruir a nova empresa. Parece o trem quando passa no interior, diziam as pessoas... Este comentário, feito por um cidadão que assistia ao desfile dos ônibus da SETUSA pelas ruas de João Pessoa, revela o sentimento de alegria da população diante do novo serviço de transportes coletivos criado pelo governador Tarcísio Burity. 

O desfile foi uma festa que magnetizou as pessoas, justificando a comparação com o fascínio que o trem ainda hoje exerce sobre os que observam sua passagem pelas cidadezinhas de beira de linha. O comboio de 20 ônibus novos pintados nas cores da Paraíba e com uma logo marca que assinalou o talento do programador visual Milton Nóbrega, entraria em operação 3 dias depois, causando um reboliço na cidade, lá vem o ônibus de Burity” diziam as pessoas com entusiasmo, cuidando elas de conter alguns agentes de aluguel, que tentariam combinadamente, investir contra alguns carros. 

A SETUSA teria inicialmente uma frota de 100 ônibus, 20 dos quais já em operação, sendo que os outros 20 começaram a circular nos próximos dias, logo tinhamos inicialmente 48 ônibus circulando. O governador mandou colocar nas 53 linhas existentes na capital. O diretor presidente da empresa é o engenheiro Paulo Morais de souto, que trabalha em conjunto com o secretário de transportes e obras, o também engenheiro Hélio de Cunha Lima, para estruturar de forma racional a implantação do novo serviço. “A Setusa veio para ficar , e é com ela que meu governo planta mais uma semente no coração do povo, que é o seu verdadeiro dono”, afirma o governador Burity, sem esconder o orgulho pela sua decisão. Eu desafio qual será o governo depois do meu que terá coragem de acabar com o Setusa, por que esta empresa representa hoje, a partir de hoje , um patrimônio da Paraíba, um patrimônio do povo de João Pessoa - declarou o Governador Burity.

Todas as linhas, todos os bairros vão ter a presença do Setusa, para transportar a população com conforto, segurança com eficiência. Não há um único segmento da população que não apoie o segmento da Setusa, com exceção é claro de quem teve interesse contrários, um ou outro empresários que dominavam esse setor de serviços. 

Quem mais vibra com a Setusa são só estudantes (das escolas de I e II graus "fardados"), os idosos (com mais de 60 anos), os policiais civis e militares, os portadores de deficiência, os oficiais de justiça e os ex combatentes, as categorias que tem passe livre na Setusa. De repente todos os problemas de transportes coletivos estavam resolvidos. alem de fazer entrega de ônibus novos, espaçosos e modernos, o governo tarcísio Burity resolveu que o preço da tarifa seria só a metade dos cobrado pelas empresas particulares (50 centavos). 

Fonte: Arquivo Histórico Ônibus da Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...